O hábito em sua forma mais simples é a tendência de fazer, pensar ou agir como se fez, pensou ou atuou no passado. É a tendência de repetir atividades de todos os tipos. É a tendência que torna alguém inclinado a fazer a ação familiar em vez de uma nova.

Em um sentido mais amplo, a formação do hábito significa aprender. É uma afirmação do fato de que a conduta é modificável e que tais modificações podem se tornar permanentes. O fato de aprender depende fisiologicamente da plasticidade do sistema nervoso.

Os neurônios, particularmente os que estão relacionados com a vida intelectual, não são apenas sensíveis às correntes nervosas, mas são modificados por elas. O ponto onde a maior mudança parece ter lugar é nas sinapses, mas o que é essa modificação, ninguém sabe.

Existem várias teorias oferecidas como explicações sobre o que acontece, mas nenhuma delas foi totalmente aceita, embora a teoria da mudança química pareça estar recebendo um maior suporte atualmente.

No entanto, não pode haver desacordo quanto aos efeitos dessas mudanças, seja lá quais forem. As correntes que passavam, com dificuldade, sobre uma determinada unidade de condução; mais tarde passavam com maior e maior facilidade.

A resistência que parece estar presente em primeiro lugar desaparece gradualmente, e, na medida em que isso acontece a conduta é modificada.

Este mesmo elemento de plasticidade explica a quebra de hábitos. Neste caso, a ação é dupla, pois implica o desuso de certas conexões que foram feitas e a formação de outras; para a quebra de um mau hábito significa o início de um bom.

Se me perguntam: “- Gilson, é possível vencer um mau hábito?”

Eu respondo sem medo de errar: SIM!!! É totalmente possível!!!

Porem, não é fácil! Geralmente o mau hábito precisa ficar tão insustentável que permanecer nele acaba sendo mais doloroso do que a própria mudança.

Mas, sim! Todos podem mudar. Basta querer!

Até o próximo artigo e nos encontramos no Topo!

GILSON SOUZA | Transformando Vidas

– Palestrante Comportamental

– Mestre em Psicanálise Clínica e Saude Mental

– Especialista em Gestão de Pessoas e Inteligência Emocional