As competências Socioemocionais, colaboram para um melhor relacionamento interpessoal, que refere-se à interação entre pessoas e/ou grupos.

Cada meio social como escolas, comunidades ou núcleos familiares, apresentam suas próprias regras de comportamentos, que orientam a forma de interação de seus membros e – consequentemente – das crianças que chegam em nossas salas de aulas.

O problema é que cada criança traz consigo sua personalidade, crenças e culturas. Da mesma forma que ela é influenciada pelo seu meio social, ela também influencia aqueles com quem mais convive.

A sala de aula é um verdadeiro “point” de interação e integração de visões de mundo, onde aluno “Joãozinho” está constantemente ensinando e aprendendo com a aluna “Mariazinha”, que está ensinando e aprende com a aluna “Joaninha” e assim sucessivamente.

O Professor em sala de aula constantemente se depara com desafios, que muitas das vezes fogem de suas capacidades técnicas. É comum o Professor, além de se ater ao conteúdo didático, precisar se preocupar com o que os alunos estão sentindo; como eles vivem em seus âmbitos familiares; como eles melhor aprendem; o que os motivam; o que os frustram e como desenvolver suas competências socioemocionais.

Agora… como o Professor pode fazer tudo isso sem ser um Analista Comportamental; um Terapeuta; um Coach, Conselheiro, etc?

Vivemos uma época em que a problemática humana é tão complexa, que o profissional da educação precisa buscar outras formações e áreas do conhecimento, para propor soluções viáveis aos nossos alunos.

Trabalhar com as competências socioemocionais, em sala de aula, conforme determinação da BNCC de 2019 (Base Nacional Comum Curricular) é mais um exemplo, de mais uma competência, que o Educador precisa desenvolver.

Como trabalhar a Inteligência Socioemocional, sem saber e/ou também estando desequilibrado emocionalmente?

Mas, uma coisa é certa. O Educador que não buscar qualificações, para o seu próprio crescimento pessoal, ficará ultrapassado.

Seja um Professor do século 21 e cuidado para não se tornar um “Professauro”!

Até o próximo artigo e nos encontramos no Topo!

GILSON SOUZA | Transformando Vidas

Palestrante Comportamental Especialista em Inteligência Emocional Mestre em Psicanálise Clínica e Saude Mental pela World Psychoanalysis Institute (Portugal) Pedagogo pela Universidade Estácio de Sá (Brasil) Neropsicanalista Especialista em Reabilitação Neuropsicológica pelo Centro de Estudos Avançados de Psicologia (Brasil) Analista Comportamental pela Global Coaching Community (Alemanha) Master Coach Trainer e Coach Educacional pela International Association of Coaching (EUA).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *